Escola de Extensão: I Curso de Verão em pesquisa polar com seres humanos: Antártica e Ártico

I Curso: Pesquisa Polar

pesquisa polar com seres humanos, na Antártica ou no Ártico, vem se desenvolvendo desde o ano polar Internacional da década de 1960, contribuindo para a corrida espacial. No Brasil, porém, a pesquisa com seres humanos iniciou somente nos anos 2000 e desde então apenas dois grupos de estudo no país realizaram pesquisas empíricas no continente gelado. O laboratório Fator Humano, coordenado pelo prof. Dr. Roberto Moraes Cruz realiza desde 2014, um projeto, também coordenado pela pesquisadora Paola Barros Delben, para avaliação do comportamento seguro e seus precursores, no campo da psicologia e em colaboração interdisciplinar com o Direito, Engenharia de segurança e ambiental, fisiologia, educação física e outros. Após a formalização de um acordo de cooperação com o Programa Polar Polonês, os estudos avançam para comparar aspectos da Antártica e do Ártico. As pesquisas com seres humanos em qualquer região necessitam de atenção quanto aspectos éticos e metodológicos, sempre em prol da população-alvo. Este curso de verão, portanto, tem como objetivo principal discutir questões metodológicas e perspectivas de pesquisa com seres humanos na Antártica e no Ártico. Como objetivos específicos: Desenvolver conhecimentos fundamentais sobre as pesquisas com seres humanos em diversos contextos e nos polos; Destacar as especificidades da pesquisa na Antártica e no Ártico; Apresentar aspectos logísticos do Programa Antártico Brasileiro e do Centro de Pesquisa Polar Polonês que apoia pesquisas científicas nos polos; Capacitar alunos de áreas interdisciplinares para a construção de projetos de pesquisa com seres humanos em regiões polares; Apresentar definições, teorias, demandas e práticas técnico-metodológicas relacionadas à pesquisa com seres humanos na Antártica e no Ártico; Encaminhar as propostas de pesquisas com seres humanos nos polos elaboradas como conclusão do curso

Participante


Inscrições encerradas há aproximadamente 1 mês (05/02/2019)