Atividade de extensão: a figura do mestre em Nietzsche

Atividade de extensão: a figura do mestre em Nietzsche

Nietzsche é um educador, cúmplice de uma aposta em uma humanidade por vir. Experimentou inúmeras tentativas para ensinar desejando que os humanos testassem crenças e convicções o que não é o mesmo que abandonar a tradição. Pelo contrário insistentemente seus escritos nos remetem para os antigos, destaca o que não recebeu todas as luzes de uma suposta avaliação filosófica e coloca em tensionamento as muitas perspectivas que fecundaram a tradição. O mestre talvez possa, como diz Steiner ( 2005, pg. 222), “despertar em outro ser humano poderes e sonhos que vão além dos seus próprios, fazer do seu presente o futuro dos discípulos”. Uma humanidade por vir, que contém uma perspectiva ética, maior que a moral da obediência. O mestre quer orientar, mas será preciso adivinhar sua orientação que implica caminhos tortuosos, difíceis, por vezes até compreender como o mestre torna-se por vezes inimigo de si próprio quando afirma a vida. A vontade está na vida, inclusive a vontade de inovação, que jamais é planejada antecipadamente, ela mesmo é vontade de potência. MAIORES INFORMAÇÕES NO LINK ABAIXO:

Página oficial da atividade: biografia.paginas.ufsc.br/a-figura-do-mestre-em-nietzsche/

Participante


Inscrições encerradas há 16 dias (29/11/2018)